A Dor. A Doooooooooooooor do dia seguinte. O começo SEMPRE será doloroso para aqueles que buscam qualquer tipo de exercício físico. E comigo não foi diferente. O dia seguinte após o primeiro de exercícios no UFC Personal Trainer, acordei totalmente dolorido: pernas, braços e barriga.

O cançaso dos exercícios foi tanto, que me dei ao luxo de durmir uma hora a mais que o normal e chegar um pouco mais tarde no trabalho. Nota do blogueiro-cobaia-experimental: Tomar um dorflex pode ajudar no alívio das dores.

Analisando bem, não são exatamente dores, mas músculos doloridos. Qualquer mínimo movimento que você faça, é um esforço danado acompanhado daquela dor chata. MAS ao longo do dia, me convenci que aquilo faz parte da situação, mesmo porque logo mais a noite, uma nova seção de exercícios me aguardava.

courage wolf pain

DIA 2:

Não mencionei no post anterior, mas é importantíssimo realizar os alongamentos antes e depois das seções de treinamento, pois você evita algum tipo de lesão e diminui a dor do dia seguinte.

Aprendido a lição, antes de iniciar os exercícios, comi um fruta e bebi água e realmente esses itens fizeram diferença antes e depois da seção de treinamento.

Exercícios:

No segundo dia de exercícios o treinador do UFC focou mais no trabalho de pernas com um pouco de socos no ar.(UFA, sem Flexões!) A maioria dos exercícios, como são para Begginer, exigem que você faça até a 10ª repetição para os mais pesados e 20 para o mais leves, com bônus extra de pontuação se você conseguir passar esse limite. E bônus não é uma palavra do meu vocabulário nesse jogo. Nessa seção foram 4 tipos de exercícios, alternados e repetidos de forma aleatória 13 vezes.

O primeiro exercício de pernas, consiste em deitar no chão e levantar as duas pernas unidas e retas até formar um ângulo de 90 graus em relação ao chão. – Que fácil, eu pensei até chegar a 6ª repetição e perceber que meu abdomên começava a queimar de dor e com MUITO esforço consegui até passar do limite imposto de 10 repetições e cheguei à 13ª!

O segundo exercício, funciona como o primeiro, porém você deve pedalar uma bicicleta imaginária levando seu corpo em direção oposta para trabalhar as laterais do abdomên. Sofrimento novamente à vista. Foram apenas 10 repetições, pois já estava no meu limite.

O exercícios seguintes focaram no combate. Tive que fazer o air punch, ou socar o ar. Esse é, com certeza, um dos exercícios mais empolgantes, porque você pode distribuir socos sequenciais nas direções impostas pelo treinador, até você se empolgar e viver seus minutos de Rocky Balboa.

As repetições são alternadas entre socos mais elaborados e cotoveladas no saco(!) de areia virtual. Em certos momentos pode ser frustrante pois o wiimote falha ao capturar os movimentos, mas isso não importa, pois eu já estava muito ocupado me sentido um champion do peso chassi-de-grilo.

Resumão:

O dia 2 não foi tão puxado quanto o primeiro. Apesar dos músculos doloridos, foi tranquilo realizar as atividades, já que o game sabiamente não focou nos mesmos exercícios anteriores e trabalhou membros diferentes do corpo, inclusive justificando o UFC no título com o treinamento de punchs elaborados.

Gastei por volta de 25 minutos para realizar todo o processo, entre aquecimento e atividades.

Ainda é cedo para analisar qualquer melhora, afinal foi apenas o 2º dia de exercícios, que me deixou empolgado. As dores do 1º dia ainda persistem, mas já estão passando. O terceiro dia vem aí e logo após, o progama libera um dia de descanso, pois afinal o excesso de exercícios é até prejudicial.

Acredito com até uma semana de treinamento seja possível ver algum resultado. Mas isso é assunto para a semana que vem.

Até o 3º dia!