Há muita coisa para falar de One Piece, já que ele acaba de passar as  600 publicações semanais na revista Shonen Jump Japonesa. One Piece é publicado desde 1997 e a história é feita pelo mangaká Eiichiro Oda.

One Piece Nakamas

Para quem está alheio totalmente a esse assunto, One Piece já foi publicado por aqui no Brasil em março de 2002 e durou 70 edições (quase 6 anos), mas foi descontinuado pela editora que detém seus direitos, a Conrad que por enquanto não dá sinais nem de continuar a publicação nem de liberar os direitos para outra editora (apesar da Panini e a JBC já se mostrarem interessadas).

No Japão e em muitos países pelo mundo, One Piece faz um grande sucesso, e só esse ano ele bateu vários recordes de vendas.

Aqui vou fazer uma análise sem spoilers sobre o mangá, então você que não leu pode seguir tranquilo.

Sinopse

One Piece começa quando Gol D. Roger, o Rei Dos Piratas que possuiu tudo nesse mundo, antes de ser executado, diz que escondeu o seu tesouro em algum lugar da Grand Line, um oceano extremamente perigoso. Desde então, muitos piratas se aventuram pela Grand Line para tentar encontrar o tesouro chamado One Piece. Um deles é Monkey D. Luffy, o garoto que, acidentalmente, comeu uma das Akuma No Mi, a Gomu Gomu No Mi (Fruta da Borracha), e agora ele pode esticar seu corpo como se fosse uma borracha. A jornada dele começa atrás de companheiros e um barco, que ele vai conseguindo pouco a pouco, pois tem um objetivo: Se tornar o Rei Dos Piratas.

As Referencias

Echiiro Oda é assumidamente fã de Akira Toryama (criador de Dragon Ball) e não esconde suas referências, além disso trabalhou como assistente de mangaká nos mangás de Samurai X e de Shaman King.

Apesar dessas referências e trabalhos anteriores a One Piece, seu traço é totalmente diferente desses, algo que agrada muitos e traz preconceito a outros tantos, pois todos os personagens são muito caricatos.

Além de referências a Dragon Ball, temos muitas outras, como artistas famosos, ídolos musicais japoneses e até americanos [Eminem e Michael Jackson já fizerem pontas em One Piece].

Os Personagens

Em One Piece, os personagens principais são muito carismáticos. Você gosta deles assim que aparecem, e mesmo alguns vilões e personagens secundários com aparições menores são bem legais.

Todos eles tem características muito marcantes, e uma vez conhecendo-os, já sabemos o que ele é capaz ou não de fazer, nos identificamos com atitudes e com as histórias de cada um, que sempre são emocionantes.

A tripulação dos “Piratas do Chapéu de Palha”, como são chamados, é até pequena comparando com outros tripulações dentro do universo de One Piece, mas cada um tem um motivo para estar ali, tendo sempre algo para agregar no navio  (atirador,  espadachim,  cozinheiro, carpinteiro, navegador, etc). Assim como todos tem uma função dentro do navio, cada um tem seu sonho, além de ajudar seu capitão a ser o “Rei do Piratas” e encontrar o “One Piece“.

Os vilões são um show a parte, sempre temos surpresas em suas revelações, em seus planos para conseguir algo e tudo faz sentido, tudo tem um objetivo, nunca é aquela coisa  clichê de “Quero dominar o mundo”. Eles muito bem construídos, e cada um tem seu background.

Os “poderes” tanto dos vilões quanto dos protagonistas presentes nesse mundo, tem quase possibilidades infinitas, mas isso não é uma falha, pelo contrário é uma excelente qualidade, pois pode aparecer qualquer coisa em termos de poderes/golpes que é totalmente eceitável [e muitas vezes engraçado] dentro do universo criado por Oda.

A Trama

Ponto alto do mangá é a história, tudo é muito bem amarrado, de forma que chega a impressionar. Em muitas vezes me pego pensando em como o autor do mangá consegue pensar nas coisas com tanta antecedência.

Vários detalhes, tramas, subtramas, personagens que fazem pequenas aparições e retornam, tudo isso faz crer que Oda pensa muito bem na história, sabe os rumos que vão ser tomados no tempo e na hora certa, sem deixar nada chato.

Aliás o humor também é algo presente o tempo todo na série, mesmo em batalhas Oda consegue inserir piadinhas e cenas engraçadas.

Oda criou uma base muito sólida no começo do magá, formando a “tripulação do chapéu de palha” aos poucos, enquanto ia revelando detalhes do passado de cada personagem principal. Isso torna um pouco cansativo no começo, mas cria muitas expectativas para o que estava por vir.

A história começa bastante linear e temos pouquíssimas surpresas, mas logo que engrena de verdade  e começam a ser reveladas as subtramas, intrigas políticas, traições e etc.

O Mundo

O mundo de One Piece é bem complexo e original, a ideia dele ser composto apenas de ilhas e ter apenas um grande continente cabe perfeitamente em um mundo infestado de piratas.

Cada lugar que os piratas passam, tem um clima, cultura, moeda e crenças diferentes. E sempre surpreende em cada uma das ilhas, pois nunca se sabe o que o Oda é capaz de nos mostrar dessa vez. Ele consegue sempre exceder as expectativas e se renovar.

As Lutas

Todo mangá shonen de respeito, tem que ter lutas, e One Piece não é diferente. As cenas de luta são muito bem montadas, o podemos ver esmero e dedicação nessa parte do mangá, já disse que todo ou qualquer tipo de poder pode aparecer nessa história, então as lutas ficam muito dependentes de estratégias para vencer, o que faz com que nunca sejam iguais, e sempre tenham desfechos inesperados.

Além disso, Oda consegue mostrar com grande habilidade dor e força dos golpes nas expressões dos personagens.

Overview

One Piece Heróis e Vilões

Infelizmente por vários motivos, One Piece é fraco aqui no Brasil tanto pela sua publicação cancelada pela Conrad, quanto pela sucessão de erros na distribuição e exibição do anime nas telas tupiniquins [no caso do anime, o grande culpado foi a distribuidora americana 4Kids].

Mas isso não impede de ir atrás em sebos e em eventos de mangás/quadrinhos, é possível achar todas as edições já publicadas por aqui. É possível também ler on-line [não vejo problema pois a publicação por aqui não existe mais] e em português em muitos sites espalhados pela internet, apenas dê uma procurada no google que você acha rapidinho!

Perca o preconceito quanto a esse excelente mangá, você não sabe o que está perdendo!