Sou fã da Dublagem Brasileira. Quando criança, sempre assistia tudo dublado (claro!), e depois mais velho, sempre preferi ver as adaptações brasileiras, mas ia atrás do original para comparar. Daí nasceu a minha crítica no trabalho de dublagem (que não é grande coisa).

Os animes dublados são meus preferidos. Muitos dos que assisto hoje são legendados, pois ainda não tem versões brasileira, mas assim que as tiver, quero SIM ver e ouvir a versão adaptada.

Evangelion

Andei revendo muitos animes que assisti quando criança, e muitos me surpreenderam quanto a dublagem, algo que eu não prestava atenção naquela época.

Mas minha crítica hoje é quanto a dublagem de Evangelion que recentemente estreou na nova programação da Animax.

- Neon Genesis Evangelion:

Empresa de Dublagem: Álamo.

Dubladores:

:: Shinji: Fábio Lucindo (Ash em Pokémon)
:: Rey: Priscilla Concepcion (Sailor Vênus em Sailor Moon R)
:: Asuka: Fernanda Bullara (Tomoyo em Sakura Card Captors)
:: Misato*: Leni Bastos (Akemi em Saikano)
:: Gendou Ikari: Fabio Moura (Shura de Capricórnio em CDZ)
:: Drª Ritsuko*: Suzy Pereira (Kitsune em Love Hina)
:: Toji: Vagner Fagundes (Gohan adolescente em DBZ)
:: Shigeru Aoba: Wellington Lima (Saitou em Samurai X)
:: Fuyutsuki*: Sidney Lilla (Ryu em Shaman King)
:: Hikari*: Tatiane Keplermaier (Akane em Ranma 1/2)
:: Makoto Hyuga*: Alfredo Rollo (Vegeta em DBZ)
:: Maya Ibuki: Fatima Noya (Sango em Inu Yasha)
:: Kensuke: Rafael Meira (Claus em Last Exile)
:: Tokita: Elcio Sodré (Shiryu de Dragão em CDZ)

*Vozes que foram trocadas na nova versão

Não consigo me lembrar muito bem da dublagem antiga. Mas essa nova, apesar de terem prometido arrumar os erros de gravações da versão antiga que foi muito criticada pelos fãs, não vi grandes mudanças. Mas há falhas de dublagem, as quais realmente não me lembro se existiam na versão anterior da Locomotion, respirações, risadas e gritos que não são “traduzidos”, que não são dublados, e o áudio muda perceptivelmente nesses momentos, onde é possível perceber o descuido com a dublagem.

Fabio LucianoFábio Luciano faz a voz de Shinji

Cecília Lemes (Chiquinha em Chaves) não faz mais a doutora Ritsuko que agora é feita por Suzy Pereira (a dubladora da Margarida da Disney). Cecília Lemes ficou muito conhecida no meio do mundo do Anime pela voz que fez em Ritsuko, se tornando muito querida pelos fãs. Ela chegou a concorrer ao Oscar da Dublagem por esse trabalho, mas foi REJEITADA pela Álamo nos testes de vozes, pois precisavam de uma voz mais FINA (Como assim?).

E Vanessa Alves não dubla mais a Misato, mas o motivo dela foi falta de tempo, ela é hoje diretora de dublagem e não tem tempo para comparecer à Álamo (pena, pena Mesmo!).

A voz da Misato é feita agora por Leni Bastos, ela tem uma voz de ‘menininha‘ que não dá para aguentar, não tem nada haver com a personagem, que é bem adulta, mas que age como uma pessoa sem responsabilidades, e a dubladora a faz parecer uma criança. É realmente uma lástima que uma das personagens que tem um grande destaque, tenha tido esse tipo de “descuido” por parte da Álamo. Não digo que ela é ruim, apenas não combina com o esteriótipo que era feita pela antiga dubladora.

Shiji Ikari, ainda é dublado por Fábio Lucindo (Ash em Pokemon), mas alterações na sua entonação de voz, descaracterizaram o personagem, que antigamente dava impressão(e é assim também no original) de ser meio bobo, infantil e “lerdo”, para uma voz que parece mais responsável e inseguro.

Suzy Pereira substitui bem Cecília, fazendo sua voz muito parecida com a antiga, e também com a original(Sorte Nossa!).

Evangelion Asuka, Shinji e Rei

Evangelion Asuka, Shinji e Rei

Ainda temos uns problemas com algumas pronúncias. A palavra NERV, que é o órgão que cuida dos Evas, supracitado no anime, foi dublado com a pronúncia “Nérv”, quando na antiga, que era bem melhor, era pronunciado “Nârv“.

Ainda temos o nome de alguns personagens como Asuka, uma das personagens mais interessantes do anime, que dessa vez resolveram colocar igual ao original, com a pronúncia do u” quase imperceptível, ficando “Aska” em vez de manterem como na última dublagem que era “Asúka“. E a pronuncia de Kaji, que na antiga era pronunciada “Kajíi” e na nova ficou “Káji”.

No mais a dublagem nova é questão de costume, e volto a dizer que ainda é bem melhor a vesão dublada do que a original, quando o anime é bem adaptado, o trabalho fica muito bom.